15 de fevereiro de 2017 • 10:03 pm

A Melhor Política

O coração de Deus é vermelho

Analisando comentários sobre a possível reeleição de Lula, percebemos o reflexo de um país que pensa entender muito de política por se deixar inflamar repetindo informações de cunho classista, veiculadas pelos perseguidores do ex-presidente, que arrotam fé e abusam do nome de Deus. O indivíduo é pobre e trabalhador, está sendo penalizado ao extremo do […]

Analisando comentários sobre a possível reeleição de Lula, percebemos o reflexo de um país que pensa entender muito de política por se deixar inflamar repetindo informações de cunho classista, veiculadas pelos perseguidores do ex-presidente, que arrotam fé e abusam do nome de Deus.

O indivíduo é pobre e trabalhador, está sendo penalizado ao extremo do suportável pelas medidas do presidente Temer, mas é contra Lula que dirige suas vociferações, como se estivesse preso em uma ilha ideológica onde só existe o PT por todos os lados, e precisa ser destruído, como um jogo de game.

Os argumentos exibem os bofes de um país analfabeto, que aprende de ouvir, como um bando de papagaios barulhentos.

O fenômeno da saudade de Lula se derrama suavemente sobre aqueles que percebem as perdas, e elas são consideráveis, afetando inúmeros segmentos. Passamos a ter dois fenômenos paralelos: a saudade de políticas de cunho popular e a sanha perseguidora que não enxerga Temer porque só visa afetar Lula.

Beneficiado imediato: o grupo de políticos antiéticos que usurparam o Planalto e agem como rapineiros, com pressa de destruição identitária do brasileiro que conquistou direitos na era dos governos petistas, ainda que tenha sido de maneira populista, paternalista, etc.

Perdedores: todos nós!

Nesse caso, cada vez que algum desavisado cita Deus comete heresia, pratica blasfêmia, pois se a divindade estivesse impulsionando qualquer política no Brasil, por certo estaria garantindo os direitos dos trabalhadores, investindo alto em educação e saúde, além de defender Direitos Humanos, e correlatos.

Desse modo, concluímos afirmando que Deus não tem nada a ver com o analfabetismo político que assola nosso país. Mas, quando Ele puder participar dessa toada, vai dividir tudo por igual, pois ama incondicionalmente e promove o bem comum desde priscas eras. O coração de Deus também é vermelho!

Deixe o seu comentário


© 2012 - 2014 Repórter Alagoas. Todos os direitos reservados. E-mail: contato@reporteralagoas.com.br Jornalista responsável: Odilon Rios - MTB 840 / AL