28 de janeiro de 2017 • 11:10 am

A Melhor Política » Destaques

Solidariedade na tragédia alagoana

Um início de ano trágico sacode Alagoas. São acidentes de trânsito, dramas familiares com desfechos letais e uma série de outros traumas sociais a nos fazerem perceber o quanto a vida pede cuidados, pois a fragilidade das estruturas corporais, mentais, emocionais, relacionais, alertam que somos coletivo em convulsão. Ignorar a dor alheia é uma configuração […]

abraço-casal

Um início de ano trágico sacode Alagoas. São acidentes de trânsito, dramas familiares com desfechos letais e uma série de outros traumas sociais a nos fazerem perceber o quanto a vida pede cuidados, pois a fragilidade das estruturas corporais, mentais, emocionais, relacionais, alertam que somos coletivo em convulsão.

Ignorar a dor alheia é uma configuração individualista de teor arcaico. Ser evoluído é ser elo; participar com responsabilidades atitudinais da vida desse tempo, imersos nos desafios de agora, é o compromisso de homens e mulheres. Deste modo, o simplismo dos julgamentos superficiais devem ser deixados de lado. O olhar precisa de profundidade.

Quando nada nos seja possível, sejamos ainda assim, solidários. Evitando o comentário infamante nas redes sociais, sentindo vergonha de chafurdar na lama da mesquinhez, com a altivez de quem se reconhece humano, e por essa razão, encontra o próprio reflexo no acerto e na loucura.

Que as lágrimas desanuviem as incompreensões. Amanhã haja mais vida do que tenha sido possível hoje.

 

Deixe o seu comentário


© 2012 - 2014 Repórter Alagoas. Todos os direitos reservados. E-mail: contato@reporteralagoas.com.br Jornalista responsável: Odilon Rios - MTB 840 / AL